10 maneiras para acompanhar seu filho no aprendizado - Fique por dentro - Colégio Fractal

Fique por dentro

10 maneiras para acompanhar seu filho no aprendizado

Publicado em : 26/07/2017

 

 

A educação de uma criança não depende apenas dos pais e tão somente da escola. É essencial que os dois eixos caminhem lado a lado para garantir a formação do filho enquanto estudante e, claro, enquanto pessoa – caráter, personalidade, ideais, objetivos, entre outros.

Além disso, a participação na vida escolar é uma ótima forma de os pais incentivarem a criança e fazer com que ela tenha um ótimo desempenho nos estudos. No entanto, devido à rotina cada vez mais agitada e ao tempo sempre escasso, muitas vezes, é difícil.

Segundo profissionais da área de educação, mesmo com a dificuldade do dia a dia, é possível se manter presente. Algumas pequenas situações, inclusive, fazem toda a diferença. Confira abaixo:

  1. Quando a criança chegar da escola, pergunte o que ela aprendeu. Demonstrar interesse no dia a dia é uma forma de reforçar a sua presença e mostrar que se importa com o filho. Converse, peça para ele explicar ou conte que já aprendeu isso, dessa forma, a criança se sentirá incentivada;
  2. Determine um horário fixo para o estudo. A rotina organizada permite que a criança tenha tempo para estudar, sem precisar atrapalhar as atividades extracurriculares – natação, futebol ou ballet – ou as horas de brincadeira. Coloque seu filho em um local onde você possa vê-lo, a fim de garantir que ele faça as lições de casa e tire dúvidas com você;
  3. Verifique diariamente as agendas e os cadernos. Peça para ver a agenda e verifique se há lições ou trabalhos a serem feitos, bem como reclamações. Além disso, verifique o caderno diariamente a fim de conferir se ele finalizou as lições de casa e, em caso positivo, valorize-o;
  4. Ajude nas lições de casa. Não solucione os problemas e nem faça os deveres pelo seu filho, apenas explique da melhor maneira e ajude-o a encontrar a melhor solução. Além de se fazer presente, pode verificar as dificuldades da criança e, ainda, desenvolver a sua autonomia;
  5. Incentive a leitura. Todos nós sabemos os benefícios de ler: ampliação do vocabulário, da criatividade e, principalmente, do conhecimento. Compre livros e incentive o seu filho a ler, sem obrigá-lo. Faça com que ele se encante com os livros, por isso, leia com ele e para ele;
  6. Brinque mais. Muitas vezes a rotina não deixa que tenhamos força para brincar com a criança. No entanto, é de extrema importância que isso aconteça apenas da minoria das vezes, já que muitas brincadeiras e jogos ajudam a desenvolver o raciocínio mental e, ainda, as competências de leitura e de escrita;
  7. Participe das reuniões escolares. As reuniões são um importante meio de comunicação entre os pais e professores, já que permitem esclarecer dúvidas sobre o desenvolvimento da criança do seu comportamento;
  8. Converse com o professor fora das reuniões. Vá até a escola em dias comuns e verifique se está tudo bem, mostre interesse na vida escolar do seu filho e se mostre aberto à esclarecer quaisquer problemas. É importante não ir à escola apenas quando há problemas, já que as crianças se sentem mais seguras quando percebem essa troca de conhecimento entre os pais e professores;
  9. Organize grupos de estudo e receba os “amiguinhos” em casa. As atividades em grupo tendem a ser mais produtivas do que as que eles fazem sozinhos. Leve seus filhos e os amiguinhos ao museu, reúna-os para fazer algum trabalho em equipe e incentive-os a brincar com jogos educativos;
  10. Não espere para participar da educação quando o seu filho virar adolescente. Afinal, é nesta fase que os filhos gostam menos de serem pressionados ou da invasão dos pais. Geralmente, quem participa ativamente da vida escolar do filho desde pequeno, tende a não ter problemas no futuro quanto à estudos e notas.
  11. Até a próxima!

 

Fonte: canaldoensino.com.br

Texto adaptado por Carlúcia Mendonça

Como ajudar a criança a não usar mais fralda

Como ajudar a criança a não usar mais fralda

 18/04/2018

Você está tentando tirar a fralda do seu filho, mas ainda não conseguiu ou não sabe por onde começar? Separamos aqui algumas dicas para te ajudar nessa tarefa! Os especialistas recomendam que a fralda não seja tirada antes dos 2 anos de idade, pois a criança ainda não está preparada. Só a partir do segundo ano de vida o bebê sai da fase oral e entra na fase anal, em que se dá conta de que produz xixi e [...]

Como ser feliz na escola

Como ser feliz na escola

 01/08/2017

O fortalecimento do vínculo de crianças e adolescentes com a escola é fundamental devido às possibilidades de intervenção e benefícios que um ambiente escolar seguro, acolhedor, afetivo e estimulante pode proporcionar.